Prefeitura de Aracruz convida população para apresentar o Programa de Saúde Cidadã

21/03/2018 divulgação
Esse debate pretende ouvir dos munícipes o que pode ser feito para melhorar as condições de saúde da cidade e  estimulá-los a fiscalizar os serviços públicos de saúde

Esse debate pretende ouvir dos munícipes o que pode ser feito para melhorar as condições de saúde da cidade e estimulá-los a fiscalizar os serviços públicos de saúde

Acontece nesta quarta-feira (21/03), a partir das 18h30, no Plenário da Câmara Municipal, uma reunião com lideranças comunitárias e associações de moradores que discutirá a participação cidadã na saúde de Aracruz. Esse debate será proferido pela Secretária de Saúde, Clenir Sani Avanza, que pretende ouvir dos munícipes o que pode ser feito para melhorar as condições de saúde da cidade.

“Eu quero ouvir de cada pessoa o que elas têm a dizer sobre as atuais condições da saúde, como anda o atendimento. Temos que estimular a sociedade a fiscalizar os serviços públicos de saúde. Essa reunião é o primeiro passo desse programa. Temos que nos organizar e perguntar pra eles o que podemos fazer para melhorar”, explica Clenir.

A secretária também disse que será apresentado um vídeo mostrando como se organizar a vida na sociedade. “O melhor lugar para se viver, é o melhor lugar para se conviver. Todos precisamos conviver, com a participação ativa das pessoas, principalmente na saúde, gerando responsabilidade”, ressalta.

Canal de participação
Ainda de acordo com Clenir, existe uma “grita” geral da população de Aracruz, que reclamam constantemente da saúde. “Não existe um canal de participação legítimo onde as pessoas possam explanar os problemas. Por isso, esse programa trará esse canal legítimo, orgânico, escolhido pelos moradores, que promoverá a interlocução entre a comunidade e a Secretaria Municipal de Saúde, ou seja, vamos criar um canal de comunicação, que além do povo relatar os problemas, eles poderão ajudar com ideias e sugestões”.

Também serão criados pequenos conselhos de saúde locais, sendo que a própria lei que criou o Conselho Municipal de Saúde, já relata essa criação “Pretendo criar esses conselhos em cada Unidade Básica de Saúde (UBS), pois fica mais fácil a fiscalização. Por isso pretendo discutir essa ideia com os moradores”, finaliza.

INFORMAÇÕES À IMPRENSA
Renato Lana
Tel.
E-mail: rfaria@aracruz.es.gov.br