Data: domingo, 26 de maio de 2019.
Horário de Brasília: 20:45

Viveiro público de Aracruz abriga mais de 80 espécies de árvores nativas

15/05/2019 Fotos: Daniel Marçal

Com cerca de 500m² o Viveiro Público da Prefeitura de Aracruz é abrigo de variadas espécies de árvores brasileiras. São mais de 80 tipos de plantas. Dentre as mais comuns estão o Jenipapo, Ingá, Acerola, Amora, Ipê Rosa e Amarelo, Cupuaçu e a rara Paraju. De acordo com a Secretaria de Agricultura (SEMAG) as mudas são destinadas para doação e também a projetos de reflorestamento.

O número de mudas cultivadas dentro do Viveiro Público, no entanto, já foi menor. Até o início de 2017 a área destinada ao plantio e cultivo estava em um local pouco extenso, antigo e deteriorado. A partir dessa situação foi elaborado um novo projeto, visando aumentar a capacidade de espaço e melhoramento do processo de cultivo e qualidade das plantas.

“Essa ideia veio dos próprios servidores do Viveiro Público. Com base nas necessidades constatadas foi feita a cotação, orçamento e dimensionamento do novo viveiro, com capacidade de abrigar cerca de 70 mil mudas” explicou o prefeito de Aracruz, Jones Cavaglieri.

Diversidade de mudas


Com a expansão dos canteiros foi possível aprimorar técnicas e também a diversidade de plantas. Alessandro Moreira, engenheiro agrônomo da PMA, relata que com a área ampliada do novo viveiro o número de espécies cultivadas praticamente dobrou. “Na última contagem de mudas que fizemos foi verificado que tínhamos até 30 espécies diferentes. De 2017 pára cá estamos com uma base de 84 espécies e isso ajudou bastante na doação de mudas”, disse.

Tal fato é constatado a partir dos dados anuais do viveiro. Em 2017, 14 mil mudas foram doadas a população. Já em 2018 esse número subiu para 28 mil árvores. “O fator principal que contribuiu nesse aumento na doação de mudas é, sem dúvidas, a diversidade de espécies, que faz com que as pessoas procurem mais árvores específicas em relação ao seu clímax e solo”, ponderou.

Sementes da floresta
Além de um espaço mais amplo e sofisticado, o novo viveiro se tornou um local ideal para aprimorar e desenvolver técnicas sustentáveis e inovadoras. O melhoramento genético das mudas que brotam no canteiro público é uma delas, sendo inclusive um dos fatores que possibilitaram o aumento da diversidade das plantas.

Esse upgrade genético só é possível graças ao esforço da equipe técnica da SEMAG, que passou a coletar sementes em florestas bastante preservadas, como no Parque Municipal do Aricanga, Matas Nativas e também em Áreas de Proteção Permanente (App’s). “ A gente foi buscar sementes em lugares que já estão aclimatados, que é onde encontramos a planta mãe. Devido ao seu nível de resistência a várias pragas e doenças, seja do clima ou do ambiente, essa árvore matriz consegue passar para a semente um material genético mais forte. Essa semente, com certeza, vai se desenvolver melhor em relação a sementes colhidas no meio urbano, fazendo com que nossas mudas tenham um vigor melhor, por terem esse material de resistência”, explicou o engenheiro agrônomo Alessandro Moreira.

SERVIÇO:

VIVEIRO PÚBLICO PMA
Endereço: Rua Girassol, s/nº, Bairro Planalto,
Funcionamento: das 7 às 11 e das 13 às 17h.

Observação: Para solicitar números maiores de plantas é preciso entrar em contato com a Gerência de Desenvolvimento Agrícola da SEMAG, no número: 27 3270 7063.

TEXTO: Luã Quintão
E-MAIL: lrangel@aracruz.es.gov.br