Data: terça, 16 de julho de 2019.
Horário de Brasília: 01:29

Alunos da rede municipal visitam espada de Dom Pedro II no Museu Histórico de Santa Cruz

23/05/2019 Foto: SECOM

Na última quarta-feira (22) a aula de artes para 6º ano da EMEF Santa Cruz foi um pouco diferente do habitual. Os alunos conheceram mais uma parte da história do litoral aracruzense ao visitarem a espada de bronze que pertenceu a guarda de Dom Pedro II e deixada no município por volta do ano de 1.860. O objeto estará em exposição no Museu Histórico de Santa Cruz até a próxima sexta-feira, 24 de maio.

“Trazer os alunos para o museu é ver a cultura que faz parte do local em que eles vivem de perto. Tudo que a gente trabalha na sala de aula de uma forma teórica, aqui eles conseguem ver ilustrado, materializado”, disse a professora de artes, Natália Vargas Trancoso.

Além da espada os alunos também observaram outros objetos que fazem parte do acervo do museu, e que remontam o contexto histórico-cultural do município através de fotografias, instrumentos e histórias antigas que existiram até mesmo antes da colonização. “O que acho legal no museu é que eles conseguem trazer recortes de todas contribuições culturais que a gente teve nesse território e aprender essas histórias de forma plural e completa”, explicou a professora.

Mariana Soares Campos, de 11 anos, adorou o passeio. “Foi muito legal! Gosto de saber do passado para aprender mais e mais e ensinar no futuro”, explicou.

A Espada de Dom Pedro II
Quem visitar o Museu Histórico de Santa Cruz entre esta quarta e sexta-feira (22 a 24 de maio) poderá contemplar um objeto histórico inusitado. Trata-se de uma espada de bronze que pertenceu a guarda de Dom Pedro II e que foi deixada no município por volta do ano de 1.860. O utensílio estará disponível para visitações em comemoração ao dia de Colonização do Solo Espírito Santense.

De acordo com a historiadora Mônica Pimentel, a espada foi entregue como forma de agradecimento a um morador antigo, durante a passagem do ex imperador pelo território do município.

“Dom Pedro II foi recepcionado com uma celebração na igreja Nossa Senhora da Penha, em Santa Cruz. A celebração foi acompanhada por autoridades e também pela população da comunidade, até que um simples morador local caminhou de costas ao encontro do imperador e se virou ao se aproximar. Após essa cena, Dom Pedro retirou a espada da cintura de um dos guardas reais e a entregou ao morador”, conta.

Desde então o objeto tem passado por várias famílias e, neste final de semana, estará em exposição no Museu Histórico de Santa Cruz. “É um objeto que guarda muitas memórias e, junto ao acervo histórico do museu, vamos contar um pouco mais sobre a história do município”, disse a historiadora.

Visitações
Entre os dias 22 e 24 de maio a espada estará disponível para visitações no Museu Histórico de Santa Cruz em horários especiais. Na quarta-feira (22), a exposição será das 13 às 17h. Já na quinta (23) e sexta-feira (24) o museu estará aberto das 09 às 17h.

Museu Histórico de Santa Cruz
O Museu Histórico de Santa Cruz é administrado pela Prefeitura de Aracruz, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura (SEMTUR) e foi criado pela Lei Municipal nº 3.872 em 17 de dezembro de 2014. Localizado no Distrito de Santa Cruz, Aracruz, tem por finalidade a preservação do Patrimônio Histórico, Artístico, Iconográfico e Etnológico do município de Aracruz.

O acervo exposto na inauguração do espaço se constitui de elementos que representam aspectos da trajetória histórica do município, desde seus primórdios, remontando ao processo de colonização e ao encontro de cultura ocorridas no local.

TEXTO: Luã Quintão
E-MAIL: lrangel@aracruz.es.gov.br