Data: terça, 17 de setembro de 2019.
Horário de Brasília: 02:57

Profissionais da Saúde que atuarão na Farmácia Cidadã iniciam capacitação junto à Secretaria de Estado da Saúde (SESA)

13/08/2019 Renato Lana
A Coordenadora das Farmácias Cidadãs Estaduais da SESA, Lais Frigini, mostra aos servidores as etapas que envolvem o funcionamento de uma Farmácia Cidadã

A Coordenadora das Farmácias Cidadãs Estaduais da SESA, Lais Frigini, mostra aos servidores as etapas que envolvem o funcionamento de uma Farmácia Cidadã

Os 12 profissionais da Saúde, entre Farmacêuticos e Assistentes Administrativos, que trabalharão na Farmácia Cidadã, iniciaram nesta segunda-feira (12/08), na Unidade de Guaxindiba, uma capacitação quanto aos detalhes de seu funcionamento. A Farmácia Cidadã está prestes a ser inaugurada, o que fará de Aracruz o 11º município no Espírito Santo a contar com esse projeto.

Esta ação é o início de um treinamento junto à Secretaria de Estado da Saúde (SESA), que ainda contará com outros momentos, também em Vitória. A apresentação ficou por conta da Coordenadora das Farmácias Cidadãs Estaduais da SESA, Lais Frigini. Ela comentou sobre as etapas que envolvem a capacitação. “Ela ocorrerá de forma teórica, como aconteceu nesta segunda-feira, e prática, tudo isso para passar uma visão geral de seu financiamento e como se executa o componente especializado, que é a forma como liberamos os medicamentos estaduais para os pacientes do SUS. Tudo isso é baseado em uma portaria do Ministério da Saúde”, explica.

Ainda de acordo com Lais, esse financiamento ocorre por meio da APAC - Autorização de Procedimento Ambulatorial, que é um instrumento que tem por objetivo o registro dos atendimentos ambulatoriais realizados no SUS. Trata-se de um recurso fundamental para autorização, cobrança, pagamento e fornecimento de informações gerenciais para os procedimentos ambulatoriais no âmbito do SUS.

Durante a capacitação teórica foi mostrado como as farmácias cidadãs funcionam dentro de um mesmo padrão de atendimento. “Parte da equipe de Aracruz já tem uma vivência com a Farmácia Cidadã, pois eles já retiravam medicamentos em Cariacica. Mostrei a diferença de fluxo entre as farmácias, sendo que, o que eles já executavam é parte desse procedimento”, ressalta.

Na próxima quarta-feira (14/08) os profissionais da saúde irão a Vitória para mais um treinamento teórico, onde um representante da empresa que fornece o sistema de prontuário eletrônico, passará instruções de sua aplicabilidade, assim como o sistema de dispensação, que será passado por um servidor da SESA. Posteriormente, na quinta-feira (15/08), a equipe será dividida em dois grupos para as atividades da parte prática, quando será mostrado uma Farmácia Cidadã já em funcionamento e atendimento.

Após esse treinamento será feito um cadastro dos pacientes da Unidade da Farmácia Cidadã em Aracruz, que são em média 3600 pessoas. “Muito importante essa equipe passar por essa capacitação, pois o fluxo de atendimento dessa farmácia é diferente das demais, pois se tratam de portarias únicas para os componentes especializados, ou seja, a forma de realização do trabalho é outra. Por isso as pessoas precisam ser treinadas, porque aquelas que nunca trabalharam em uma Farmácia Cidadã não terá prática, e sem experiência fica complicado, por isso o treinamento tem que ser intenso”, completa Lais Frigini.

TEXTO: Renato Lana
E-MAIL: rfaria@aracruz.es.gov.br