Logo PMA Prefeitura Municipal de Aracruz
Ordem de serviço para reforma de equipamentos públicos de reservação de água tratada é assinada

Publicado em: 19/09/2022 às 16:20
Atualizado em: 20/09/2022 às 09:38
Publicado por: Renato Lana de Faria

... Imagem: Secom

Foi assinada na tarde desta segunda-feira (19), no gabinete da prefeitura, a ordem de serviço para a reforma civil dos equipamentos públicos de reservação de água tratada nos bairros Cupido, São Marcos, Bela Vista, Jequitibá, sede do SAAE, além dos distritos de Guaraná, Jacupemba e na localidade de Irajá. Na ocasião o SAAE Aracruz também anunciou o lançamento de dois editais para contratação de empresas que executarão as obras das estações elevatórias de esgoto bruto (EEEB) a serem construídas no bairro Itaputera e no distrito de Guaraná. Estiveram presentes o prefeito Dr. Coutinho, o diretor do SAAE, Amadeu Wetler, secretários municipal e vereadores.

Esta reforma dos reservatórios de água tratada objetiva conservar as estruturas civis que fazem o abastecimento de água nas referidas localidades, o que garantirá a qualidade no abastecimento e atendendo às normas da agência reguladora. Serão contempladas melhorias de impermeabilização, pintura, instalação de itens de segurança como guarda corpo, escada marinheiro, substituição de tubulações de ferro fundido danificadas, melhorias nos fechamentos dos terrenos, instalação e iluminação adequada.

“Estamos assinando hoje a Ordem de Início dos Serviços para reforma desses reservatórios que estão com problemas de conservação como, por exemplo, ferrugem nas escadas e infiltrações, o que mostra um descuido com as estruturas que armazenam água tratada, que é a água que a gente bebe. Por isso fizemos esse projeto, cujo valor do investimento é de R$ 693.754,90, incluindo materiais e serviços”, destacou Amadeu Wetler.

Com relação à execução das obras para as estações elevatórias de esgoto bruto (EEEB), em Itaputera, o empreendimento atenderá 650 habitantes e está orçado em R$ 461mil. Já a EEEB Gabriel Pandolfi no distrito de Guaraná está orçada em R$ 281 mil e atenderá 80 residências, cuja população estimada é de 400 habitantes. “O projeto de Guaraná irá elevar a porcentagem de tratamento de esgoto em mais 6,5 %, beneficiando cerca de aproximadamente 95% da população em coleta e tratamento”,
finalizou Amadeu.