Logo PMA Prefeitura Municipal de Aracruz
Renascer Mulher incentiva mulheres com workshop sobre Empreendedorismo

Publicado em: 09/08/2022 às 11:43
Atualizado em: 09/08/2022 às 11:48
Publicado por: Thiago Rosse de Barros

... Imagem: Humberto De Marchi

Capacitar mulheres em situação de vulnerabilidade social. Esse foi o objetivo da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Semds) ao promover uma manhã de workshop sobre Empreendedorismo para mulheres atendidas pelo Renascer Mulher, que aconteceu nesta terça-feira (9), na Casa do Futuro. 

O Núcleo Social e de Saúde de Prevenção e Apoio às Mulheres Vítimas do Uso Abusivo de Drogas, denominado como Programa Renascer Mulher, criado pela Prefeitura de Aracruz, sob a Lei Nº 4.406/2021, reúne diversas histórias de superação, força de vontade e outros, de quem travou a batalha contra a dependência química e carrega as lembranças da luta por uma vida mais digna e saudável. A Semds, junto da Secretaria de Saúde (Semsa), atuam diariamente no atendimento. 

A ação é voltada para mulheres do município que buscam uma oportunidade no empreendedorismo de buscar uma fonte de renda para contribuir com a subsistência da família. E foi isso que Jane Almeida, de 30 anos, e moradora do bairro São Marcos foi buscar. “Foi por causa da dependência de álcool e drogas que procurei o Renascer Mulher e outros programas oferecidos pelo município. E lá encontrei pessoas dispostas a me ajudar a vencer esse vício. Fiquei internada e hoje faço acompanhamento com ótimos profissionais. Essa é mais uma oportunidade que o Renascer Mulher me oferece, de mudar de vida, de empreender. Penso que essa é uma porta de entrada para que eu possa ser inserida na sociedade após vencer o vício, de me ressocializar. O preconceito ainda é muito grande, mas tenho certeza que com toda determinação eu alcançarei meus objetivos. Gosto de cozinhar e já atuei em restaurantes. Quero aprender muito mais e estou muito animada”, comentou. 

Para Maria Rosa Pinheiro Resende, de 29 anos e moradora de Grapuama, aprender sobre como empreender é o início da construção de um sonho. “Sempre atuei como secretária do lar, babá e até no trabalho braçal. A dependência química me tirou tudo que eu tinha, que são os meus filhos. Com o Renascer Mulher, que nos dá inúmeras oportunidades, eu posso recomeçar. Hoje posso dizer que eu venci o vício e estou em outro caminho. Ainda existem pessoas que nos oferecem, mas a minha força é maior e, se Deus quiser, conseguirei reaver a guarda dos meus filhos. Estou aqui por eles, por mim, pela minha família. Aprender coisas novas para mudar de vida é sempre muito bom. O curso vai me ajudar para que eu possa escrever uma nova história”, disse. 

O coordenador regional do Sebrae, Anderson Batista, palestrou e pontuou sobre as noções, orientações para negócios e outros. “Sabemos que para tudo acontecer tem um processo e a ideia inicial é sair melhor do que chegamos. Antes de qualquer coisa, é preciso entender que o Sebrae está junto de cada mulher que deseja entrar nesse processo de empreendedorismo para que se torne um negócio de sucesso lá na frente. Se você não tentar, persistir e acreditar no seu propósito, não vai dar certo. Todos nós somos capazes, todos nós temos uma história e, juntos, venceremos. Esse é um curso inicial para que vocês entendam como funciona o processo e tenho certeza que outros momentos virão”, pontuou. 

A secretária da pasta Iohana Kroehling disse que o Renascer Mulher atende mulheres que têm sonhos, e muitos deles vêm da vontade de empreender. “A proposta do curso é que as mulheres em situação de vulnerabilidade social e outras da sociedade, que estejam desempregadas ou que precisam complementar sua renda, possam participar e aprender sobre como empreender. O curso oferecido esclarece alguns pontos e deixa claro para as mulheres que todas nós podemos empreender naquilo que temos como dom. A ideia é incentivá-las a vencer os desafios que possam surgir a partir do momento que decidem empreender, bem como na questão financeira. Além disso, também queremos que todas tenham autonomia, fortaleça a autoestima, economia e que impacte positivamente na vida das mulheres aracruzenses”, finalizou. 

A Semds ressalta que novas oportunidades serão oferecidas para que mais mulheres possam participar e aprender sobre Empreendedorismo.